Nada Demais…

Até que enfim resolvi atualizar isso… sei que demorou, mas não “estava podendo” fazer isso. Havia coisas que precisava resolver, não vou colocar nada demais hoje. Gostaria de fazer referência a um texto que a Thams colocou no blog dela, também recebi esse texto e achei muito interessante, na verdade esclareceu algumas coisas, deixei de achar que estava ficando doido, como ela já colocou lá, estou deixando o link.
Nessas semanas que passaram aconteceram coisas muito legais das quais pretendo falar com o tempo, até porque são coisas que mudaram muitas coisas na minha vida, então algumas delas amadurecerão durante o tempo…
Tempo?! Esse texto que estou indicando fala sobre o tempo… tem umas coisas interessantes, eu gostaria até de ressaltar umas coisas, mas desisti. Prefiro que vocês leiam. Tenho experimentado umas paradas de Deus em relação a isso que está me deixando meio confuso, até estou entendendo, mas não é tão fácil assim digerir tudo, estamos tão acostumados a agir diferente, que quando coisas assim acontecem ficamos ora meio sem rumo e atônitos e ora conscientes da derrota e calmos. Na boa. É aquela velha coisinha da Sabedoria de Deus que é loucura para o homem. Mas com o TEMPO, eu aprendo isso.

Tenho andado distraído,
Impaciente e indeciso
E ainda estou confuso
Só que agora é diferente:
Estou tão tranqüilo
E tão contente

Quantas chances desperdicei
Quando o que eu mais queria
Era provar pra todo o mundo
Que eu não precisava
Provar nada pra ninguém.

Me fiz em mil pedaços
Pra você juntar
E queria sempre achar
Explicação pro que eu sentia.
Como um anjo caído
Fiz questão de esquecer
Que mentir pra si mesmo
É sempre a pior mentira.

Mas não sou mais
Tão criança a ponto de saber
Tudo.

Já não me preocupo
Se eu não sei por quê
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê

E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu vejo o mesmo que você.

Tão correto e tão bonito:
O infinito é realmente
Um dos deuses mais lindos.
Sei que às vezes uso
Palavras repetidas
Mas quais são as palavras
Que nunca são ditas?

Me disseram que você estava chorando
E foi então que percebi
Como lhe quero tanto.

Já não me preocupo
Se eu não sei por quê
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê

E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu quero o mesmo que você.

(QUASE SEM QUERER – RR)

Thanks! God bless you! Bjsss…

Anúncios

Sobre ygorvieiraes

Balzaquiano, Capixaba (amante do Rio como se Carioca fosse), tentando ser Cristão no sentido etimológico da palavra, Louro (com uma calvície avançada), excelente Ouvinte, completamente fascinado por Música, apesar de preferências assisto qualquer Filme, gosto de alguns Seriados de TV, amo o Amigão da Vizinhança, Preguiçoso, mas se conseguir me tirar da inércia, fico hiperativo, Enrolado, começando a virar um bom Leitor, ‘bom’ Cozinheiro, faltando um pouquinho para DJ de verdade, quase Advogado... Às vezes Simpático, outras não... Às vezes Agradável, outras não... Às vezes Engraçado, outras não... É por aí... Um bom amigo...
Esse post foi publicado em Sem-categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s